1987 – parte I

A CBF, em 1987 encontrava-se passando por uma crise financeira e anunciou que não seria realizado o campeonato brasileiro daquele ano. Assim sendo, reuniram-se São Paulo, Corinthians, Palmeiras, Santos, Vasco da Gama, Flamengo, Fluminense, Botafogo, Atlético/MG, Cruzeiro, Internacional/RS, Grêmio e Bahia fundando o Clube dos 13, que seriam os 13 maiores clubes do país na época. Essa associação decidiu organizar um campeonato composto pelos 13 clubes. Ameaçados de desfiliação pela CBF, agregaram pela primeira vez no futebol brasileiro um projeto de marketing. Patrocinados pela Rede Globo, Coca-Cola e Varig, organizaram a Copa União que, para o Clube dos 13, representaria o Campeonato Brasileiro daquele ano.

A Copa União surgiu em definitivo após a conciliação entra a CBF e o Clube dos 13, já que uma desobediência poderia provocar reações da FIFA. A Copa União começa e após algum tempo a CBF decide organizar um outro módulo do Campeonado Brasileiro e alterar o regulamento da Copa União que já estava em vigor. O novo campeonato foi dividido em quatro Módulos, sendo o Módulo Verde composto pelos 13 integrantes do Clube dos 13 além de Goiás, Santa Cruz e Coritiba, deixando de fora o Guarani, vice-campeão do ano anterior e o América-RJ, 4º colocado. O Módulo Verde era considerado como primeira divisão juntamente com o Módulo Amarelo. Haviam ainda os módulos azul e branco, que seriam considerados como a segunda divisão do futebol nacional.

Afim de praticar a justiça além de conciliar seus interesses com o os interesses do Clube dos 13, a CBF colocou no regulamento do campeonato, que os campeões e vice dos módulos verde e amarelo se enfrentariam em um quadrangular final, de onde sairiam os representantes brasileiros na Taça Libertadores da América de 1988.

Na decisão do módulo amarelo, os finalistas Sport e Guarani, após empatarem na prorrogação, empataram nos pênaltis em 11 x 11 e decidiram dividir o título em um acordo.

Em dezembro de 1987, após a confirmação dos quatro times finalistas em cada módulo, Flamengo e Internacional pelo Verde e Sport e Guarani pelo Amarelo, a CBF anunciou a tabela do quadrangular final. Alegando que o regulamento foi alterado à revelia do Clube dos 13, Flamengo e Internacional se recusaram a disputar com o apoio do Clube dos 13. Sport e Guarani disputaram o quadrangular, vencendo os jogos contra Flamengo e Internacional por WO.

O Sport empatou com o Guarani em Campinas por 1×1 e venceu por 1×0 em Recife, sendo declarado Campeão Brasileiro de 1987 pela CBF. Enquanto isso, o Clube dos 13 declarou o Flamengo campeão.

Sport e Guarani foram declarados representantes do Brasil na Taça Libertadores da América. O caso foi levado à justiça comum, cuja decisão já se tornou definitiva, com ganho de causa ao Sport Club do Recife.

No site da CBF encontramos o Sport Clube do Recife como campeão brasileiro de 1987. No site da FIFA, no espaço destinado ao Flamengo, o clube aparece com 4 títulos nacionais e há a referência sobre o título da Copa União em 1987. Ainda no site da FIFA, em texto sobre a cidade de Recife, o Sport aparece como Campeão Brasileiro de 1987.

Sport Clube do Recife campeão no site da CBF

Sport Clube do Recife campeão no site da FIFA:
Football
(…)All three teams have had glorious moments in Brazilian football, although Sport stand slightly apart from their competitors thanks to two major titles: the Campeonato Brasileiro in 1987 and the Copa do Brasil in 2008.(…)

Clube de Regatas Flamengo campeão da Copa União – Módulo Verde no site da FIFA:
Clube de Regatas Flamengo
City: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro state
Founded: 17 November 1895
Honours:
* 4 Brazilian Championships: 1980, 1982, 1983, 1992
* 1 Uniao Cup: (green module -1987)

Anúncios

3 Comentários

  1. Grande Daniel

    Gostei da iniciativa e já deixo meu pitaco sobre 1987: regulamento não pode ser alterado no decorrer do campeonato mas os times não podem reclamar depois se aceitaram o erro naquele momento.

    Acho um assunto difícil porque não lembro dos detalhes, (não sou um preciosista como você nem tenho tão boa memória, lamento admitir, mas, usando seu texto, também, considero que o Sport é o campeão de 1987.

    Houve alteração nas regras e é esse o argumento usado pelo Clube dos 13 para considerar o Flamengo como campeão porém isso ocorreu bem antes do final do campeonato.

    Por que permitiram a virada de mesa? Por que não foram contra a CBF quando ela ajudou o Clube dos 13 salvando o Fluminense, que está disputando a primeira divisão sem ter conquistado o acesso via segunda divisão? Não é isso mesmo?

    Aquele abraço,

    Fábio

    Dan: Não vou debater, por enquanto. Tenho algum material, algumas declarações de dirigentes até mesmo do Clube dos 13 na época. Serão 3 ou mais partes nesse tema. No final, darei minha opinião. Neste post consta somente a história que me consta sobre a Copa União. Abs

  2. Não precisa debater, Daniel. Conheço sua opinião pois já conversamos sobre o assunto antes mas estou curioso em conhecer o restante desse material que você tem. Algo de que gosto muito é conhecer fatos do passado para refletir e analisar.

    Outra coisa, como participar do projeto? Gostei da iniciativa e quero ajudar.

    Abraços,

    Fábio

  3. […] 1987 – parte I […]


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s